Santa Maria: Cidade cultura e turística

Geral, Política

Em primeiro lugar, Santa Maria tem potencial turístico e para ser uma cidade cultura. Recentemente participei e auxiliei a organizar um encontro de professores do MERCOSUL realizado aqui em Santa Maria e pude comprovar: Santa Maria é uma cidade turística. Minha parcela de contribuição ao encontro foi organizar um passeio turístico pela cidade.

Não sou de Santa Maria, mas a historia da cidade já esta arraigada em mim. Como guia do passeio pude sentir o quanto é rica em história Santa Maria. No roteiro passamos pela Gare, Vila Belga, Praça da Locomotiva, Basílica da Medianeira, Catedral, além de explicar os nomes das ruas, dos prédios antigos e de governo. No meio do passeio paramos em uma loja de artigos gaúchos para que os professores pudessem comprar lembranças da cidade – e gastaram muito.  Se tivéssemos mais tempo visitaríamos outros lugares, mas o que os professores viram já os encantou. Ao fim, tudo foi um sucesso!

A experiência na Argentina me mostrou que se põem e se agrega valor às coisas típicas de um lugar, cria-se uma magia que encanta qualquer um. Santa Maria precisa impulsionar seu ônibus turístico e precisa realizar publicidade para que nós. Isso mesmo para os habitantes da cidade, para que passem a valorar a cidade e que se habituem a viver com turistas ao redor. A professora organizadora do encontro que também acompanhou o grupo no passeio ficou encantada com o potencial turístico da cidade, é mais uma prova que pode dar certo.

Por fim, a iniciativa pública deve fazer frente e mobilizar a cidade. E nós, habitantes, devemos acima de tudo conhecer, entender e valorar a história, costumes e traços típicos da cidade e do Estado. Com certeza se a metade Sul do Rio Grande do Sul, que tanto reclama do empobrecimento que vive,  investisse de verdade em turismo poderá um dia voltar a ser uma região pujante! Essas mesmas palavras valem para minha adorada Quarta Colônia.