Disrupção: Musk Motors

Empreendedorismo

Em primeiro lugar “queríamos carros voadores e ganhamos 140 caracteres” frase de Elon Musk, o grande mentor da SpaceX e o visionário da Tesla extraída do livro de Ashlee Vange (Saraiva ).

Confesso que ultimamente tenho tido muito tempo para investir em leitura, estou aprimorando conhecimento em conhecimentos gerais (política, economia, história), cripto ativos e biografias. Isso tudo tem aberto (ou reascendido) um mundo de pensamentos de motivadores.

E o livro de Elon Musk em particular mexeu muito com as ideias. A frase “queríamos carros voadores e ganhamos 140 caracteres” nos leva pensar em muitas coisas. De fato, há no século XXI vários empresários diruptores de nossa economia com vários feitos. Porém, nada se assemelha as disrupções causadas pelos inventos passados. Ou seja, estamos mais pobres em tecnologias evolutivas.

Claro que o mundo dos “apps” tem revolucionado muita coisa, mas o quanto isso nos evoluiu de fato? Interessante refletir novamente sobre a frase “queríamos carros voadores e ganhamos 140 caracteres”. Será que teríamos espaço para todos os apps em nossos celulares? Teremos atenção para tudo isso? Ou será que eles serão novas ferramentas – entre as milhares que inventaram e hoje nem se usa mais. Parece que nossa vida é cíclica, antigamente sem bancos as pessoas guardavam suas riquezas em casa. A tendência dos cripto coins é tu guardar tuas chaves privadas na gaveta das meias, provavelmente voltando há uns 900 anos – desde o surgimentos dos Templários talvez.

Em certa oportunidade, já discorri sobre pessoas empreendedoras que se autopromovem sendo empreendedoras em si. Isso não é inovação. Ainda, tenho debatido muito que nosso ensino de Administração está muito teórico e que precisamos de mais oportunidades de praticar. Sem falar em modernizar nossa legislação trabalhista, tributária e fiscal a fim de possibilitar que empreendedores possam surgir. Será que não nos falta mais coragem no Brasil, ou mais afinco para de fato fazer coisas importantes, evolutivas e inovadoras.

Até o Twitter está deixando escrever mais de 140 caracteres: de fato, as pessoas não aguentam ficar presas. Precisamos sair fora da caixa. E está mais do que provado que neste início dos anos 20 precisamos evoluir!

____________________________________________________________________________________________

A Tesla evolucionou o mercado automotivo: carro elétrico, funcional, potente, premium e acessível, econômico, seguro e conectado a sua vida.  Um carro que vai de 0 a 100 km/h em 2,1 segundos é quase surreal. O brasileiro é muito apaixonado por carro, o sentimento de pertencimento é profundo entre máquina e humano. A Tesla com seus projetos de carro autônomo (confere no vídeo) e tela de 17″ quando alguns laptops mal tinham esta tela me fizeram repensar o setor e se apaixonar.

Veja mais https://www.tesla.com/pt_PT/

A SpaceX quer colonizar Marte. Mas antes disso Elon conseguiu mandar foguetes/cápsulas e pousá-los de volta, criar roupas de astronautas confortáveis, produzir tudo a preços infinitamente inferiores aos preços das gigantes semipúblicas do setor. E mais, apesar dos apertos Elon criou uma empresa lucrativa.

Veja mais http://www.spacex.com/ 

Além disso, Elon criou a PayPal e a Zip2, e hoje coordena ainda outras empresas. De fato, ele é o cara e vale a pena aprender mais com esse cara.