Pare de perder amigos e “ratiar” com as pessoas

carreira, livros

Em primeiro lugar, ler é um dos maiores prazeres que possuo. Comprar livros era quase uma mania. Consigo agora entrar em uma livraria e apenas olhar o que está em alta ou verificar os lançamentos.

Tenho por hábito ler um livro por mês. É uma velocidade lenta, mas tento ler 10 páginas por dia. Isto não é fácil na minha rotina preenchida com atividades físicas, laborais e podcasts.

Neste post irei falar sobre Dale Carnegie nascido em Maryville, Missouri no dia 24 de novembro de 1888. E, faleceu, em 1955. Dale teve uma vida sofrida e logrou êxito e felicidade quando se manteve fiel a uma localização e a um trabalho. Como Dale escreveu um livro em 1936 que é referência até hoje no desenvolvimento das relações pessoais. Ele inclusive alterou seu sobrenome, que era Carnagey, e com isto, passou a associar-se indiretamente a família Carnegie, que era rica e famosa nos Estados Unidos. De propósito ou não, a mudança passou desapercebida pela qualidade e praticidade das técnicas por ele desenvolvidas.

Como fazer amigos e influenciar pessoas foi escrito em 1936. Os EUA estavam saindo da grande depressão e o mundo preparava-se para a Segunda Guerra Mundial. Neste contexto onde a persuasão foi destaque das mudanças que o mundo experimentava, Dale sufrou muito bem esta onda.

Eu já havia lido ouvido e visto vários vídeos a acerca dos ensinamentos deste excelente professor, talvez pela minha essência, ou até mesmo pela minha prepotência eu nunca tinha parado para ler o livro dele. Vários amigos possuem o best seller do autor, e alguns comentavam sobre os cursos ou até mesmo nos cursos práticos participam do Instituto fundado por Dale.

O fato é que ao longo da minha trajetória acadêmica e profissional estou próximo dos ensinamentos que elucidou no início do século passado. Muito próximo disso, como o próprio Dale elucida: de nada adianta saber a arte de fazer amigos e influenciar pessoas, se nós não fazemos com o coração. Assim, após ler o livro eu tenho consciência de que eu sempre apliquei os conceitos dele sem saber que ele é que havia reunido e escrito ou até mesmo sem saber que eles estavam gravados em algum lugar.

Reconhecer erros rapidamente valorizar as pessoas promover a integração com desenvolvimento sem falso e sem falsas promessas são algumas das premissas que eu possuo.

O livro está disponível nos principais sites e livrarias do Brasil. O livro não pode ser considerado autoajuda. Autoajuda é na minha visão um livro sobre ideias bonitas para internalizarmos. O livro de Dale é prático. Tem técnicas, tem método, tem pesquisa, tem exemplos de pessoas que aplicaram as técnicas e lograram êxito. Testei duas neste fim de semana e incrivelmente deu certo. Espero aplicar mais para afirmar que a teoria é uma tese bem fundamentada.

Após um tempo sem escrever. Posso confirmar que a arte de Fazer Amigos e Influenciar Pessoas sempre me acompanham, ainda mais após a perda de um grande amigo.

Princípios de Dale no Livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas:

  1. Não critique, não condene, não se queixe.
  2. Faça um elogio honesto e sincero.
  3. Desperte na outra pessoa um ardente desejo.
  4. Interesse-se sinceramente pelas outras pessoas.
  5. Faça a outra pessoa sentir-se importante, mas faça-o sinceramente.
  6. Respeite a opinião alheia. Nunca diga: “Você está errado”.
  7. Comece de um modo amigável.
  8. Desenvolva um interesse genuíno pelos outros.
  9. Sorria.
  10. Lembre-se de que as pessoas consideram o próprio nome o som mais agradável e mais importante de qualquer idioma.
  11. Seja um bom ouvinte. Encoraje os outros a falar de si.
  12. Fale sobre assuntos que interessam aos outros.
  13. Faça o outro se sentir importante – e seja sincero.
  14. A única forma de ser dar bem numa discussão é evitando-a.
  15. Demostre respeito pela opinião alheia, nunca diga: você está errado.
  16. Se estiver errado, admita depressa e de maneira enfática.
  17. Comece sendo amigável.
  18. Faça com que o outro diga “sim” imediatamente.
  19. Deixe o outro falar durante a maior parte da conversa.
  20. Deixe a outra pessoa sentir que a ideia é dela.
  21. Tente honestamente enxergar as coisas do ponto de vista do outro.
  22. Demonstre compaixão e compreensão diante das ideias e dos desejos do outro.
  23. Apele para motivos mais nobres.
  24. Dramatize suas ideias.
  25. Lance um desafio.
  26. Comece com um elogio sincero.
  27. Aponte os erros alheios de forma indireta.
  28. Fale sobre seus próprios erros antes de criticar o outro.
  29. Faça perguntas em vez de dar ordens diretas.
  30. Preserve a dignidade do outro.
  31. Elogie todos os progressos, mesmo o menor deles, seja caloroso ao demonstrar reconhecimento e pródigo nos elogios.
  32. Dê ao outro uma bela reputação para manter.
  33. Encoraje. Faça o erro parecer fácil de corrigir.
  34. Faça o outro se sentir feliz por fazer aquilo que você sugere.

Rentabilize o conhecimento

Empreendedorismo, RH

Em primeiro lugar o empreendedorismo proporciona ganhos em escala que poucos trabalhos CLT proporcionam. Empreender é sempre por necessidade. Uma necessidade interna ou externa. Uma necessidade interna de anseios por liberdade, por reconhecimento, por provação de capacidade, por ganhos financeiros, etc. As necessidades externas são as mais diversas, e a pandemia empurrou diversas pessoas a conduzirem o próprio negócio.

As empresas não conseguem remunerar e recompensar seus empregados exponencialmente. Isto seria difícil, afinal, é a essência do lucro. Porém, uma parte disto poderia ser usada para gerar mais lucro se houve retorno pelo ganho exponencial a quem realiza um trabalho que proporciona ganhos exponenciais. Assim, em condições de igualdade, os empregados irão produzir no limite da recompensa máxima que poderá auferir.

Esforço extra, atenção redobrada, qualificação de atendimento, sabedoria na execução de tarefas e a busca por conhecimento novo geralmente não são devidamente recompensadas. Empresas arcaicas podem inclusive exigir esforços para que o funcionário busque cada vez mais conhecimento e atualização para “desempenhar suas tarefas”. E isto é uma verdade, porém, quanto de fato isto causa impacto na alteração do trabalho? É a essência do ganho exponencial.

Buscar rentabilizar por tudo o que sabe, o que lê, o que viveu, o que estudou e estuda é dilema interessante. E este tema desencadeará ainda muitos posts para o blog. Afinal, buscar ganhar mais é um anseio presente na maior parte dos profissionais que desejam ascender profissionalmente.

Portanto, o ponto de equilíbrio entre a felicidade do trabalho e o ganho financeiro está em buscar rentabilidade exponencial no conhecimento. Ou seja, o teu saber e saber fazer será recompensado quanto mais produzir, quanto mais se esforçar. E buscar um emprego que contemple isto está cada vez mais raro e difícil. Empreender é a grande saída para este impasse.

Já pensou em empreender? O que te falta para empreender?

A experiência é relativa

carreira, Empreendedorismo, RH

Em primeiro lugar ter uma experiência boa em uma cidade e região pode não ser nada em outro ambiente. Em um local de maior competição, melhores salários e melhores cargos, a tua experiência na mesma área em uma região menos competitiva não servirá para nada!

Já pensou sobre essa situação?

A reflexão sobre a localização geográfica é de suma importância. A busca por trabalho nos grandes centros urbanos leva a muitas pessoas a migrarem. No entanto, o custo logístico desta mudança, na maioria dos casos, não é compensado pelo incremento salarial. Os melhores cargos e salários estão em quantidade maior nos centros urbanos maiores. Porém, há cluster produtivos interioranos que contam também com bons empregos e uma remuneração compatível (e pelo custo geral, muito maior).

Um bom currículo tem peso com coerência nas experiências e na formação apresentada. Além de demostrar evolução no currículo, demonstra os resultados obtidos. Estes resultados valerão muito mais em uma futura entrevista. Apresentar algo de concreto é muito bom para os avaliadores. A experiência e formação contam, mas precisam de contexto. Um grande profissional em uma região medíocre pode ser um profissional medíocre em uma região próspera e pulsante.

Pelos acessos a educação e a ampla variedade de oportunidades em grandes centros empregatícios fazem com que se pense muito na empregabilidade. Esta empregabilidade é um conjunto de: formação, experiências e resultados. Se conseguir reunir isto tudo, terá boas credenciais para manter-se vivo na corrida pelos bons empregos. Sempre gosto de pensar que os eleitos ainda contam com o relacionamento. Não é QI, é relacionamento mesmo. Contratar quem se conhece, poupa muito trabalho para os recrutadores e para as empresas.

Portanto, relativizando a experiência, ela não é tudo. É a parte da empregabilidade. E dependendo do contesto, não é nada. Aventurar-se em uma nova selva, exige elevada adaptação e preparação para não sucumbir ao subemprego das qualidades ainda não lapidadas que possui.

Faça Pós!

Geral

Em primeiro lugar busque conhecimento, busque qualificar-se, busque titulação.

Alguém irá questionar: mas diploma não resolve nada! De fato, ter um papel de titulação de pouco adianta se o conhecimento dele não for utilizado. E mais, se o conhecimento o diploma não estiver na tua cabeça, o dinheiro foi pelo ralo.

A busca insaciável por conhecimento enalte o homem e alimenta a alma. A maturidade se conquista a passos largos com leituras, cursos e viagens. Realizando cursos EAD´s e comprando livros são métodos econômicos e práticos para subir na vida. Viagens, quando tua estabilidade financeira permitir: aproveite.

Já realizei uma pós na Anhanguera e atualmente estou cursando outra na Uninter, e ambas EAD. E garanto: isso tem me ajudado a crescer como pessoa e profissionalmente. A pós da Uninter estou pagando R$ 280,00 mensais, um investimento alto para meu salário hoje, mas vislumbro no curto prazo ascensão dentro da empresa onde trabalho. E esse investimento já poderá ser diluído.

Mexa o teu dedo e clique abaixo e consulte, faça orçamentos e quebre a inércia.

Anhanguera

Uninter

Leia, leia e leia!

Pessoal

Em primeiro lugar ler e viajar ninguém tira da gente. O conhecimento é intangível e hoje é o maior bem que há.

Sem dúvida alguma, chegamos a era da informação: informação vale ouro hoje (amanhã ela pode valer banana, mas faz parte).

Tudo aquilo que é rotina, vira hábito. Se tudo for bem organizado, uma rotina/hábito poderá ser do bem. Não podemos acreditar que rotina é ruim. A repetição, fazer repetidamente algo, nos leva para a excelência.

Por isso, um hábito que é saudável e permiti crescer e amadurecer. Leia 30 min todos os dias. Coloque como regra ler sempre 10 páginas de algum livro. Leia livros que lhe dão prazer e que somem algo para tua vida.

Ler na internet noticias ou jornais, são importantes para nossa vida e nosso dia-a-dia. Saber que o dólar está fechando a semana na casa dos R$ 3,75 é de suma importância. Mas isso é básico. Busque leituras, LIVROS. O brasileiro tem pouco o hábito de leitura – última vez que vi, eram 2 livros média ano. Então, quem sabe vamos subir essa média?

Atualmente estou lendo 2 livros ao mesmo tempo: um sobre economia e outro biografia. E tu, o que está lendo?

 

Faça coaching – busque ajuda.

Pessoal, RH

Em primeiro lugar quando há possibilidade de melhorar, não pense duas vezes: melhore.

Só que muitas vezes, melhorar sozinho não é fácil. Por isso, não hesite, se precisar, busque ajudar.

Peça ajuda a seus pais, amigos, professores, cônjuges, peça ajuda a quem você sabe que será sincero e buscará o seu bem. Esteja aberto a buscar opiniões que sejam úteis, e não busque aquilo que quer ouvir. Do contrário, apenas pense sozinho e faça.

Qual emprego aceitar, qual curso estudar, qual cidade morar, onde morar, com quem casar, qual investimento fazer, onde reduzir, onde aumentar, onde usar seu ócio, para onde ir! São colocações que todos passam em algum momento da vida. Ninguém sabe tudo e muita gente tem vergonha de pedir ajudar.

Para quem sabe, o coaching é uma ferramente poderosa. Por isso, não hesite e procurar um profissional preparado para lhe ajudar no que precisar. Uma rápida busca na internet lhe fornecerá suporte sobre como funciona este processo.

A ————————————————————————————————> B

Coaching, te leva de um ponto ao outro. Ou melhorar o ponto em que já está.

A

Não hesite, em um momento de incertezas, uma boa ajuda é bem vinda. Mas não esqueça, boa ajuda.

Leitura certa

Administração, Pessoal

Em primeiro lugar a ler e viajar ninguém tira de nós.

Estratégia do Oceano Azul, instigador para empresas amarradas no tempo.

Transformando suor em ouro, já sabemos o que fazer para vencer, mas ouvir os vencedores nos ensina os detalhes do sucesso.

Administração geral e industrial, para administradores é importante conhecer o que pensavam sobre nossa área a décadas atrás, este livro engrandece a alma.

Vencendo com as pessoas, abre nossa visão sobre como nos relacionar de forma saudável com as pessoas.

O corpo fala, aprenda a ler as pessoas.

Safári da estratégia, saiba como ser estrategista de acordo com o seu perfil.

O que atraiu Warren Buffett, na vida, apenas 30 segundos nos bastam para vencer.

O óbvio que ignoramos, ouvir nãos nos faz amadurecer sem percebermos, o título traduz bem a ideia do livro.

A utopia, estimula nossa mete para refletir padrões sociais atuais.

Eram os Deuses astronautas? Não sei. Mas este livro faz pensarmos fora do quadrado.

príncipe, a política está mais presente em nossas vidas do que imaginamos, saiba como usá-la.

Estes são alguns livros que li recentemente que trouxeram grande conhecimento e interesse em devorar livros. Existem inúmeros livros no mercado, e compre quantidade para sua biblioteca, compre qualidade, e estas obras que apresento valem a pena o investimento.

😉