Quando o teu melhor não dá em nada, o que fazer?

carreira, Pessoal, RH

Em primeiro lugar há quanto tempo este pensamento – “faço meu melhor para nada” – está no teu radar mental?

Se está a há mais de 3 anos é um problema. 3 anos é um período de maturação. Se este pensamento ronda há mais de 3 anos há um grande problema na tua carreira.

Os pensamentos abaixo são muito comuns na mente de quem está incomodado:

  • Produzo muito mais do que ganho;
  • Ninguém observa meu trabalho, tampouco é valorizado;
  • O meu trabalho é criticado por todo mundo;
  • Me deparo muitas vezes com tarefas que não tenho conhecimento para fazer.

Saber quando há necessidade de mudar, evoluir e sair do status quo atual é de suma importância para busca dos sonhos. E buscar os sonhos é experimentar o teu melhor.

Buscar teus sonhos é elevar teu conhecimento, utilizar toda a tua bagagem e experimentar os teus limites. O prazer está nos limites. O melhor evidencia-se no limite e na sua superação. E a sensação de que o teu melhor não dá em nada – ou não mais do que um mero tapa nas costas, frusta.

Portante, vale a pena realizar sessões de coaching e buscar qualificação. Quando o cavalo encilhado passar, não se pode perder a oportunidade.

1/10: Eu sigo sendo o “um”.

Administração, Empreendedorismo, Pessoal

Em primeiro lugar trocar de trabalho e de setor não é fácil. O comodismo gerado pela necessidade de estabilidade eterna faz com que apenas sejamos atores de nossas carreiras.

Estive recentemente em uma sinuca de bico. 1 em cada 10 pessoas escolheria entre um cargo público e um privado, o cargo no setor privado. Eu sou o 1. No entanto, estive refletindo sobre uma excelente oportunidade na Delivery Much e ir para o cargo inicial do Banrisul. Apesar de ter aceito a primeira proposta, resolvi dar uma virada nos meus interesses de carreira. Não alterei objetivos de longo prazo. Porém, troquei a ordem dos caminhos que estou seguindo para concluir as etapas de pós-graduação (Mestrado e Doutorado) e a possibilidade de poupar e levantar dinheiro para futuros investimentos privados ou até mesmo para ter gordura para estar novamente como um player da roda viva de trabalhador privado.

A Delivery teria possibilidade de explodir junto a empresa, sim uma grande aposta de curto prazo. De fato a melhor oportunidade do que a do Banco. O Banco é algo mais estático, lento e difícil. Porém, vou inverter a ordem, e concluir as formações superiores que desejo, como comentei acima.

Rejeitar o emprego pode ter fechado alguma porta e ter gerado ressentimentos, mas colocar a razão sob a emoção as vezes faz bem. E de fato àqueles que usam a sinceridade e buscam criar suas oportunidades, sempre terão algum lugar.

Poucos entenderiam se eu ficasse no privado. E estes me chamam de louco por queimar minha carreira. De fato, sair do privado quando se está em ascensão para descer a um cargo inicial no público não é fácil de entender para estes que me apoiavam no privado. Mas, não penso nisso. Penso que vou procurar entender de mais um setor importante para a economia do país e para a alavancagem das empresas.

A minha coach Lize Calvano deve estar de cabelo em pé comigo. Carreira com qualidade é o seu mantra. E por isso, indico e recomendo qualidade na tua carreira. Mesmo que isso gere confusões a quem te olha de fora. Afinal, as escolhas são tuas e não dos outros, e afinal tu não é todo mundo. Eu não sou todo mundo.

Bola pra frente.

Como em todo lugar que passei, eu me paguei. Então, vou me pagar no Banco. E assim sucessivamente.

Permaneci 3 anos e 2 meses no setor automotivo. Na Concessionária Volkswagen Japel cresci e aprendi muito.

Faça coaching – busque ajuda.

Pessoal, RH

Em primeiro lugar quando há possibilidade de melhorar, não pense duas vezes: melhore.

Só que muitas vezes, melhorar sozinho não é fácil. Por isso, não hesite, se precisar, busque ajudar.

Peça ajuda a seus pais, amigos, professores, cônjuges, peça ajuda a quem você sabe que será sincero e buscará o seu bem. Esteja aberto a buscar opiniões que sejam úteis, e não busque aquilo que quer ouvir. Do contrário, apenas pense sozinho e faça.

Qual emprego aceitar, qual curso estudar, qual cidade morar, onde morar, com quem casar, qual investimento fazer, onde reduzir, onde aumentar, onde usar seu ócio, para onde ir! São colocações que todos passam em algum momento da vida. Ninguém sabe tudo e muita gente tem vergonha de pedir ajudar.

Para quem sabe, o coaching é uma ferramente poderosa. Por isso, não hesite e procurar um profissional preparado para lhe ajudar no que precisar. Uma rápida busca na internet lhe fornecerá suporte sobre como funciona este processo.

A ————————————————————————————————> B

Coaching, te leva de um ponto ao outro. Ou melhorar o ponto em que já está.

A

Não hesite, em um momento de incertezas, uma boa ajuda é bem vinda. Mas não esqueça, boa ajuda.

Saber a hora de dar tchau!

Administração

Em primeiro lugar parto do principio que todos pensam em crescer. Um profissional normalmente trabalha com muito afinco e sua a camiseta da organização onde está inserido. Porém, esta motivação em fazer o melhor, de aprender, de crescer não pode deixar os profissionais cegos. Ou seja, temos que ter a consciência do ambiente que está a nossa volta. Não se cegar é quando entendemos e sabemos a hora de dar tchau de algum lugar. Dar tchau significa pedir demissão, desligamento, e afastamento. As vezes dói, mas as vezes o futuro profissional deve ser colocado em uma balança: se o presente, se onde estamos hoje, somar mais que algum outro lugar, tudo bem estamos indo bem. Estamos talvez no caminho certo. Mas se onde estamos soma negativamente a carreira, se perdemos mais do que ganhamos, é a hora de dar tchau.

As vezes dói. As vezes estamos em uma empresa com um bom clima, com bons colegas e outros pontos favoráveis, pedir para sair não é fácil. Nesse caso, a saída é justificada por motivos financeiros e de crescimento de carreira mesmo – como buscar um cargo de maior responsabilidade, ou ir para uma empresa maior. Se estivermos cegos talvez não vamos nos dar conta disso.

Em fim, as vezes é uma questão difícil sair de um lugar bom, de abrir mão de uma qualidade de clima para crescimento de carreira. Uma boa dica é fazer coaching, buscar um profissional coach é sempre um investimento que tem um ótimo aproveitamento a longo prazo. Muitas vezes um coach irá te conduzir para um caminho de sucesso.