Sobre

Autor

Junior de Mello, nasceu em 20/11/1990 em Faxinal do Soturno/RS. Junior é formando em Administração da UFSM, possui MBA em Gestão de Pessoas e MBA em Agronegócios, ambos pela Anhanguera, possui o curso de Analista de RH pela ABRH/RS; MBA em Gestão da Tecnologia da Informação e MBA em Gestão Comercial e Marketing Digital, ambas pela Uninter.

Atualmente segue uma vida de Bancário no Banrisul, atuando como Gerente de Contas no segmento Afinidade. Mas segue como marca o gosto pelo setor automotivo (Volkswagen principalmente) e pelo agronegócio. Por isso, possui a Certificação CPA 20 – ANBIMA e a Certificação FB 420 Crédito Rural – Febraban.

Junior adora estar envolvido com atividades novas e desafiantes (ele está sempre metido em alguma coisa). Como um bom cristão tem como base a fé para conseguir o que quer.

Apaixonado por futebol, livros, competições e pelas tradições gaúchas, Junior é um Grande Macanudo muito alegre e divertido e como sempre diz é “Um pequeno macanudo aspirando ao empreendedorismo.”

Acompanhe mais no linkedin

6 comentários sobre “Sobre

  1. Bom dia. Meu nome eh rogerio tenho 40 anos e estou preocupado por uma questão de trabalho. Trabalhei 45 dias numa empresa e sai por motivo de saude de meu pai sou filho único e não tinha como permanecer no trabalho. Tenho experiência de 2, 6 anos anteriormente dessa empresa e 2 anos anteriormente. Gostaria se isso vai sujar minha carteira e como deveria responder numa próxima entrevista. Obrigado.

    Curtir

    1. Bom dia,
      Rogério, acredito que não há problemas maiores, é explicável e justificável. Porém, coloque isso sempre como questão positiva, nunca como questão ruim. Ou seja, a saída foi por motivos de força maior, devido a extrema necessidade. Abraço, boa sorte.

      Curtir

      1. Não entendi doutor essa essa questão positiva e nunca negativa sobre meu comentário.explique melhor pfv

        Curtir

      2. Rogério, boa tarde. Vamos lá: Seu pai estava com problemas de saúde e tu se demitiu para ajudá-lo, isso, dependendo de como é visto, pode ser bom em futuras seleções de emprego. Cuidar de um pai é algo muito gratificante, para se cuidar de um pai é possível de tudo e mais um pouco. Tu fez isso! Teve coragem de demitir-se para cuidar do teu pai. Esse fato deve ser valorizados em tuas futuras entrevistas, ou seja, não finja ou não demonstre sofrimento pela demissão. Mostre que teve orgulho do que fez, mostre que sua atitude foi a mais certa que imaginou fazer. Por isso que digo: coloque a questão como algo positivo! Boa sorte, qualquer coisa, estou a disposição.

        Curtir

  2. Olá, eu tive a oportunidade de trabalhar em uma empresa (primeiro emprego) mas fiquei apenas 1 semana com a carteira assinada e pedi demissão pelo fato de não ter me adaptado ao serviço e me senti sobrecarregada, amanhã terei uma entrevista de emprego, isso pode me prejudicar? O que falar a respeito disso? Aguardo o retorno, obrigada.

    Curtir

    1. Olá Denise, sugiro colocar sempre a verdade. Porém, procure um trabalho em que se sinta bem. Procure um segmento atual que não passe por uma crise aguda. Coloque nesta entrevista o seu interesse e sempre a motivação de crescimento. Comente que deseja entrar na empresa para crescer, aprender, e também porque necessita de trabalho. Faça curso de qualificação, na internet há vários cursos de especialização gratuitos e bons. Pense nisso. Aproveite e boa sorte.

      Curtir

E a sua opnião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s